.
mahouPROJECT
Nv. 164 Guilda: Tartaros Rep.: 6683500 Virgo
Nv. 162 Guilda: Fairy Wings Rep.: 40590500 Ellen
Nv. 162 Guilda: Fairy Wings Rep.: 19919000 Graydelvil
Nv. 162 Guilda: Rep.: 16321600 Yukino
Nv. 162 Guilda: Fairy Chaila Rep.: 12425600 Mardgeer
Nv. 35 Capitão: Chelia Membros.: 8 Mardgeer
Nv. 33 Capitão: Lyonice Membros.: 8 Mardgeer
Nv. 33 Capitão: Lucy Membros.: 8 Mardgeer
Nv. 25 Capitão: Gray Membros.: 7 Mardgeer
Nv. 20 Capitão: Kirito Membros.: 7 Mardgeer
1 1 1 1 1

Fanfic: Gatinho Apaixonado

postado por Colecionador em 20 janeiro, 2014 na categoria News Express

Olá! 😀 A nossa história de hoje é atendendo a um pedido que recebi nos comentários da fanfic anterior. É bem curtinha, aliás. O gatinho mais fofo do mundo está apaixonado…

Casal: Happy & Charlie

Autora: Akemihime

Gatinho Apaixonado

Os pelos branquinhos, o vestidinho vermelho rodado e o costumeiro semblante sério. Ah, aquela gatinha mexia com ele! Seu jeitinho meio autoritário e orgulhoso o deixava louco!

– Você gooosta dela… – ouviu Lucy sussurrar em seu ouvido, com uma expressão um tanto quanto maliciosa. Isso de fato não poderia negar: realmente gostava de Charlie.

Queria tomar alguma atitude é claro, quem sabe começar lhe dando um pequeno presentinho? Começava a tremer só de pensar em se aproximar da gata. A vergonha era muita, mas precisava fazer alguma coisa!

Decidiu então dar de presente para Charlie o único peixe que tinha no momento. Colocando um singelo laço vermelho em volta do agrado, foi se aproximando devagar dela.

A cada pequeno passo que dava rumo ao encontro de seu amor era com grande esforço. Suava frio, as pernas estavam bambas, isso sem falar das incríveis borboletas em seu estômago.

– Charlie… – Ufa, com certa dificuldade finalmente conseguira ao menos pronunciar o nome dela. A gata se virou, lançando-lhe um olhar com certo desprezo, o que, para Happy, deixava-a bem atraente.

– Aqui… – Estendeu o pequeno presente – Pra você.

– Não quero. – disse, se afastando rapidamente. O que? Fora rejeitado? Aparentemente sim.

Ah, tanta vergonha para nada… Mas Happy não havia desistido. Oh não, mais cedo ou mais tarde ele iria conquistá-la!